Escrever

Escrever me aquieta a alma. Me conecta com um pedacinho de mim que insiste em sair, olhar, recordar, falar…
Quem me ouve ou me lê? Não sei, quero apenas ser lida por quem, como eu, enxerga sentido nos meus devaneios. Se me entenderem já terei ganho mais do que o esperado, pois escrevo para mim e por mim.
Sabe aquelas pessoas que tomam um uísque quando querem relaxar? Pois é, escrever é meu uísque. Já disse que às vezes, os pensamentos vêm mansinhos, como a água do mar calmo lambe a areia ; outras vezes, vem aos borbotões, como chuvas de verão. A maneira que as ideias fluem não é o foco…o foco é que as palavras têm que ser escritas!
94e80777-03ec-4b64-8f9a-eaf44782bba0-271-0000000be424b736

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s