MEU PRÍNCIPE

Adriana, Lidia e Sonia são amigas inseparáveis. Desde a escola primária, vivem grudadas umas nas outras.

– Adriana, pede pra sua mãe deixar você dormir sábado aqui em casa?

— Mas e a Lídia? 

— Ela já confirmou. A avó dela deixou.

— Tá bom, amiga. Vou ver se a convenço.

Com a noite das meninas confirmada, Sônia  pegou o caderno de perguntas e respostas e queria passar a noite descobrindo tudo que pudesse sobre os meninos.

As perguntas eram simples, mas poderiam dar muitas pistas.

— Gosta da sua letra?

— Seu sorvete favorito?

— Cor favorita?

— Qual foi a última coisa que comeu hoje?

Também havia perguntinhas não tão bobas, e essas eram a curiosidade das meninas. Aquelas que dariam uma pista sobre o pensamento dos garotos para a vida futura. 

Nesse tempo onde os jovens eram ainda tão inocentes, há muito ficou para trás. Lidia tornou-se aeromoça e risca os céus desse mundão a bordo dos mais potentes aviões. Segundo  diz, ela mesma proporciona os luxos, as fantasias e o glamour de que tanto gosta.  E ainda provoca as amigas dizendo não trocar  sua vida de solteira por nenhum amor de comerciais de margarina! 

Lídia está em seu terceiro casamento.

Segundo suas próprias palavras, ela não tem preguiça de recomeçar e nem arquiva traumas. Logo parte para outro relacionamento, se o anterior  não deu certo.

A Sónia é uma advogada de sucesso, bonita, tem uma carreira consolidada. Está sempre aguardando um príncipe encantado, mesmo já em seus quarenta e poucos anos. Quando menina,  era a mais interessada no caderno de perguntas.

Sonia idealiza o amor. Ah, o amor. O que dá frio na espinha, o que faz o coração bater descontrolado, o que seca os lábios de nervoso…

Ela sempre acha que encontrou o homem ideal.  Até que o príncipe se revela um sapo.

Sendo a mais romântica, toda vez que inicia um namoro, não demora nada, o homem em questão vai se afastando aos poucos, até chegar na famosa frase: a gente se vê! 

Ela já conhece todas as saídas estratégicas dos homens: a mãe adoece; vai viajar a negócios; não é a hora certa para um relacionamento sério; e por aí vai.

Mas seu sonho não acaba com o fim  do namoro. Seu desejo de um grande amor pra vida toda, esse é o que faz com que ela trabalhe, estude, se arrume, viaje, vá a shows e peças de teatro. 

Em uma noite dessas, ela viu  um homem lindo, de smoking, cabelos grisalhos, tentando manobrar um conversível. Ele ligou, pisou no acelerador para arrancar e o carro morreu. Tentou de novo e nada. 

Sônia se aproximou e perguntou: — Precisa de ajuda? 

Ele apertou os olhos para enxergá-la melhor.

Sônia, os cabelos ruivos cacheados descendo em cascata por seu ombro,  olhava de cima do salto 15 para o carro e para o homem, sem entender bem porquê ele a olhava  admirado.

Teve uma vaga impressão de que já o tinha visto antes . 

Ele estendeu a mão e se apresentou.

—Prazer, Ricardo Jaime.

Ela sorriu e entrou no clima.

— O prazer é meu, Sônia Petra

Ricardo disse:

— Para que lado você vai?

— Ali logo na esquina tomar um táxi.

— Se não se importar, posso acompanhá-la?

— Sim, sim sem problemas

E foram andando e conversando.

Mas em seu íntimo Sônia já tinha decretado: é esse o meu príncipe!

Sorri lembrando-se de um filme lindo onde a moça encontrou o amor de forma idêntica ao que acabara de acontecer!

Quer que eu dirija pra você o seu carro?

Você sabe?

Sim! Ja fui manobrista, ela diz sorrindo.

Então tá! E lhe estende a chave

Ela abre a porta do carona, ele entra.

Ela toma o volante e sai dirigindo maravilhosamente bem! Aumenta a velocidade, olha para ele e pensa consigo mesma:

O príncipe encantado é ele! Sonia fica feliz só em sonhar! Afinal, sonhar não custa nada, ela pensa.

Maria Elza

Publicado por blogdadivinablog

Me autodenominei Divina, Perfeita e Maravilhosa. Não é por vaidade e sim porque acredito que foi assim que Deus nos criou: à sua imagem e semelhança. Mesmo que humanamente isso pareça impossível, ao expressar minha crença me sinto bem. Busco o melhor sempre. Tenho fases, sou de Libra e isso ajuda a explicar minhas qualidades e meus defeitos. Amo a vida, minha família, meus amigos. Estudei bastante, sempre gostei de ler, li romances, documentários, biografias...mas minha maior bagagem é de vida, pois sou intensa. Amo muito, preocupo-me muito, erro muito, e procuro muito acertar! Vou dividir com vcs um pouco da minha experiência de vida, neste espaço que considero meu "travesseiro virtual" e o convido a compartilhá-lo comigo. Venha?! Criei este blog em agosto de 2010 na plataforma blogspot. Posteriormente o trouxe para o WordPress . Agora em 2021 estou agregando-o ao meu site asdivinas.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: