Verdades Ocultas

  — Então amor, o que você me diz? – perguntou Adriano com a caixinha das alianças aberta na sua  mão. Ele não demonstra, mas seus lábios secos, sua voz com um pouquinho de agudo no tom, e um leve altear de uma sobrancelha  que eu conhecia bem, foram os sinais do nervosismo que eleContinuar lendo “Verdades Ocultas”