O Estrangeiro

Um estranho. Para as pessoas que passavam de carro ali naquele cruzamento, ele era apenas isso: a figura de um estranho. Nem sequer era olhado pelo retrovisor ao ficar para trás. E amanhã de novo e, de novo. Um ninguém. Mas ela, a garota que passava todos os dias naquela esquina havia olhado prá ele, e sempreContinuar lendo “O Estrangeiro”

O Casarão

O trem vinha diminuindo a marcha, Adélia acordou as crianças, um menino de cinco anos e a garotinha de dois anos. Paulo, seu marido, pegou as malas, sacolas, e a bicicleta do vagão de carga. Quando o trem parou as pessoas desceram, uns abraçavam eufóricos os parentes, outros buscavam o carro de praça, outros colocavamContinuar lendo “O Casarão”

Lembranças e Saudades Jardim-MS II

Em início de 1967 eu cursava o terceiro ano ginasial e faria 15 anos em outubro daquele ano. Aos rapazes ( meus irmãos), a vida oferecia um futuro delineado no que os aguardava como serviço militar obrigatório, mas que no fundo era uma boa possibilidade de aprenderem uma profissão, engajarem na vida militar, ou mudaremContinuar lendo “Lembranças e Saudades Jardim-MS II”

Dia 04/04/2021 – Domingo de Páscoa

Lembro-me da minha infância. Só lembranças boas. Que felicidade é ser criança, a alegria genuína, não a alegria de ter alguma coisa. É alegria de ser! E o que eu era? Uma garota entre vários irmãos, primos, tias e tios, uma avó que era cuidada como se fosse uma relíquia, um pai amoroso e umaContinuar lendo “Dia 04/04/2021 – Domingo de Páscoa”