OLHA O PASSARINHO

As crianças na década de setenta tiveram um ou mais de um, com certeza! Pode ter sido colorido e grande. Pode ter sido retângulo pequeno em preto e branco. Não era barato. Nem era comum. Era uma oportunidade surgida lá de vez em quando. E quando era de carneiro? Um acontecimento! Vinha o retratista comContinuar lendo “OLHA O PASSARINHO”

O CAFÉ

Sabe aquela música brasileira ”Vestiu uma camisa listrada e saiu por aí”, de Assis Valente, que foi sucesso primeiramente na voz da cantora Carmem Miranda e depois com inúmeros outros artistas? Vocês a conhecem? Se a resposta for sim, então penso vir à sua mente um tipo de homem cheio de malemolência, daqueles de boaContinuar lendo “O CAFÉ”

MEDO

Luiz descia a rua assoviando. Mais uma quadra e meia chegaria em sua casa. O bairro era escuro, poucos postes de iluminação, o dia ainda no lusco-fusco do alvorecer. Ele era porteiro de um hospital e estava vindo de seu plantão noturno. Antes da esquina onde morava, Luiz passou em frente ao que fora umaContinuar lendo “MEDO”

O ESTRANGEIRO

Um estranho. Para as pessoas distraídas, apressadas, pensativas, envolvidas em seus pensamentos ou problemas, em que mudar a marcha do carro vem a ser um ato automático, o rapaz parado ali naquele cruzamento praticamente não existia ou era apenas isso: a figura de um estranho. Nem sequer era olhado pelo retrovisor ao ficar para trás.Continuar lendo “O ESTRANGEIRO”

Minhas histórias

Eu a considerava uma idosa. Mas ela era apenas uma mulher sozinha. Nas famílias antigas era muito comum acontecer isso. A moça que não se casava ficava na família, à disposição de quem precisasse dela. Só hoje eu tenho esse olhar, esse entendimento. À época eu olhava a necessidade que eu tinha dela, o quantoContinuar lendo “Minhas histórias”

Roda,roda…

http://www.instagram.com/p/COZ0STOBN2Y/ Desde que eu vi essa roda gigante multicor eu me encantei por ela. De um cantinho da janela da minha cozinha eu a olho e a acho muita serena…delicada…de uma beleza colorida e um rodar calmo que quase me hipnotiza. Fico feliz quando encontro belezas inesperadas como nessa roda gigante tão despretensiosa em suaContinuar lendo “Roda,roda…”

Do que eu gosto.

Sobre as mentorias lembram-se que escrevi? Que na minha opinião os infoprodutos tomaram conta das redes sociais com uma promessa de lucro fantástico e não sei quantos k de seguidores? E que para mim, se a pessoa não tivesse uma prova social robusta eu não conseguia aprovar esse modelo de ação. Que na área LiterariaContinuar lendo “Do que eu gosto.”

Depressão

““Preguiça demais às vezes é depressão. Conheça os principais sintomas: ISOLAMENTO – fique atento aos exageros da introspecção. MELANCOLIA – uma pontinha indefinida de tristeza durante 15 dias ou mais. DESINTERESSE – a falta de entusiasmo para coisas boas da vida, como se divertir e namorar, deve acender uma luzinha. ESTRANHAMENTO – sensações que dificultamContinuar lendo “Depressão”

Lembranças e Saudades Jardim-MS II

Em início de 1967 eu cursava o terceiro ano ginasial e faria 15 anos em outubro daquele ano. Aos rapazes ( meus irmãos), a vida oferecia um futuro delineado no que os aguardava como serviço militar obrigatório, mas que no fundo era uma boa possibilidade de aprenderem uma profissão, engajarem na vida militar, ou mudaremContinuar lendo “Lembranças e Saudades Jardim-MS II”

Ainda sobre os cuidados…

Não sou chata, sou atenta. E sou sua amiga. Por isso divido minhas descobertas, mesmo que elas pareçam óbvias! Sabe , a gente tem muitas coisas na cabeça, quanto mais idade temos mais nosso deposito de lembranças, conhecimentos, pessoas, assuntos se acumulam. Então, às vezes, alguém nos dá um toque de algo útil que naqueleContinuar lendo “Ainda sobre os cuidados…”

CuidadosxCarinhos

Um carinho faz bem. Um cuidado também! E quando o carinho e o cuidado são escolhas conscientes e se aplicam a você mesmo, a sua pessoa? Nesses casos eu acho um grande exemplo de amor-próprio, além de uma necessidade mesmo de sermos responsáveis por nosso bem estar, até quando isso for possível. Não é porContinuar lendo “CuidadosxCarinhos”

Quem é Keta Gonzalez

É uma marca de produtos de couro. Qual é o diferencial? Por que essa marca está aqui no DIVINAS EM BLOG ou BLOGDASDIVINAS? O diferencial é que os produtos são confeccionados por uma artesã que cria o design, corta e costura o couro de forma artesanal. São de retalhos de couro, por isso não háContinuar lendo “Quem é Keta Gonzalez”

Calçar bem

Quando somos jovens compramos os sapatos pela beleza, modismo, evento e conforto também. Mas o foco é se o sapato combina com a roupa, ou com a bolsa, se é para o dia, ou para a noite. Enfim, compramos sapatos. Ainda mais se formos mulheres! Aí o sapato já vira um objeto de desejo mesmo,Continuar lendo “Calçar bem”

Criado como filho. Será?

Criado como filho! Hoje, Sexta-Feira Santa, participei da Via-Sacra. E entre todas as Estações, aquela em que Maria coloca o corpo do seu filho Jesus no colo me chamou atenção. A mãe de Jesus estava ali durante todo momento. Aí me distraí e lembrei de uma postagem de uma amiga que li essa semana. ElaContinuar lendo “Criado como filho. Será?”

Mentorias 2

Continuando a minha percepção sobre mentoria, é notório o quanto as pessoas estão investindo em uma rede social que nasceu como se fosse ser apenas mais uma, mas tomou uma proporção muito grande. Qual é o segredo das pessoas e marcas que alcançam estratosféricos números de milhões de seguidores? A maioria tem uma equipe porContinuar lendo “Mentorias 2”

Pandemia

O período de isolamento social está completando quatro meses já. Quem não terá notado esse período? Haverá quem não o tenha notado? Ouvi muitas vezes a pergunta: Que mudanças ocorrerão no mundo depois dessa pandemia? E também ouvi respostas variadas. Mas a que me parece mais verdadeira é que nada vai mudar. Terá sido umContinuar lendo “Pandemia”

Escrever

Escrever é existir. É resistir. O que mais eu posso fazer neste período negro da humanidade que não seja existir e resistir? Sendo assim escrevo. Sobre o presente escrevo o que a doença Covid-19 causa, qual a reviravolta que o coronavirus deu e está dando no mundo. Sobre o passado tiro cuidadosamente o véu dosContinuar lendo “Escrever”

Velho? Não!Experiente? Sim!

Gostei copiei e colei. Os dez mandamentos da 3ª idade: 1º – Não se aposente da vida pra se tornar a praga da família. A vida é atividade, e o verdadeiro elixir da eterna juventude é o dinamismo. Não despreze as ocupações enquanto tiver energia para as lutas cotidianas. Se não tiver nada pra fazer,Continuar lendo “Velho? Não!Experiente? Sim!”

To com saudade…

Estou com saudade de escrever… Mesmo quando não estou postando minha mente está a mil. Pensei em tantas coisas, vi , ouvi , refleti , assisti , critiquei, aprendi, desaprendi… Aí já viu, não é? Preciso escrever! Vou falar agora de uma dor imensa que partilhei num dos grupos de terceira idade ao qual pertenço.Continuar lendo “To com saudade…”

Reencontro

Nos reencontramos neste final de semana. Quem? Amigos de quase 40 anos de amizade e convivência, novos colegas que provavelmente se tornarão amigos, filhos dos amigos, amigos dos filhos, até o mais novo integrante do grupo, o Enzo, com três meses esteve nesse encontro. Da vida o que se leva é o amor dado eContinuar lendo “Reencontro”

As aparências não enganam…

Eu nunca valorizei maquiagem… quando jovem minha imagem me bastava: Pele Morena jambo, olhos verdes, cabelos castanhos escuros… Uau!!! Que gata que eu era! Bom, os anos foram passando, a pele escureceu com as manchas, passei a pintar o cabelo , os olhos continuam verdes, mas as rugas, as verruguinhas, as olheiras, tudo se acentuaContinuar lendo “As aparências não enganam…”

Experiências

Vou falar de fé. Fui criada numa família grande, pai, mãe, irmãos, irmãs, tios, tias, avós…Minha família tinha suas raizes nas nacionalidade paraguaia , espanhola, latina, portanto a fé congregada seguia esse padrão. Não era fria, de ritos apenas. Porque digo isso? Porque é uma fé intensa, exagerada, dramática. Tanto para nos amedrontar com osContinuar lendo “Experiências”

Grupo II

Ainda sobre os grupos, também tem o grupo de watss da Família. Filhos, genros e netos. Não é um desses grupos de bom Dia, boa noite e repasse dessas frases motivacionais ou posts prontos que existem aos montes por aí! Nosso grupo familiar é interativo. Ocasionalmente eu faço chamada, tipo escola mesmo: lista de chamada:Continuar lendo “Grupo II”

Grupos.

Tenho um grupo de amigas. Poucas são mais idosas que eu. Abaixo da minha idade, a maioria. Jovens? Algumas… Nós brincamos de regras. As mais novas devem cuidar das mais velhas…Nosso grupo é aberto a novas pessoas que vão chegandomoradas dos filhos, netos, noras, genros, a gente vai agregando…tem espaço para todo mundo. As regrasContinuar lendo “Grupos.”

Retornei…

Vocês não fazem ideia de onde estive. Nem eu faço ideia! Num pequeno espaço de dias, em mudanças que parecem lógicas, coerentes, em práticas não vivenciadas, em tudo isso eu sumi. Ocasionalmente eu me encontrava, mas propositalmente me perdia novamente. Sou dessas. Casulo e Borboleta. Silêncio e Barulho. Ou melhor fui dessas. E quando tudoContinuar lendo “Retornei…”

Ajuizados

Quando somos jovens recebemos muitos votos de que “tenhamos juízo”, não é? Juízo é tão chato! Juízo poda, diminui, corta…Mas, se não for assim não aguentaríamos ou nao nos aguentariam, numa vida sem juízo. Na verdade, o juízo é o livre arbítrio ou o meio termo entre poder, querer e fazer. Meus queridos jovens, euContinuar lendo “Ajuizados”

Viagens

Um pedacinho de mundo jamais sonhado. Assim foi Las Vegas! Mas, mais do que o lugar, a frenética cidade louca, os jovens aos bandos, os idiomas de vários países, o ritmo alegre e fervilhante das ruas, shopping, lojas, cassinos, os outdors, e tudo que me deslumbrou em luzes e espetáculo, MAIS DO QUE TUDO, LasContinuar lendo “Viagens”

Escrever

Escrever me aquieta a alma. Me conecta com um pedacinho de mim que insiste em sair, olhar, recordar, falar… Quem me ouve ou me lê? Não sei, quero apenas ser lida por quem, como eu, enxerga sentido nos meus devaneios. Se me entenderem já terei ganho mais do que o esperado, pois escrevo para mimContinuar lendo “Escrever”

Adolescimento

Adolescimento’ impede que se estabeleça relações adultas Ivan Martins: “As pessoas querem amar com a volúpia dos adolescentes, mas sentimentos adolescentes não resistem à intimidade e ao convívio” Maya Santana, 50emais Nesta interessante crônica de Ivan Martins, da revista Época, ele fala de uma faceta nossa, mesmo entre pessoas que já passaram de uma certaContinuar lendo “Adolescimento”

Pequenas histórias II

E quando eu li o Pequeno Príncipe ? Que doçura, que carinho na alma aquele pequeno príncipe me fez? Foi também no período “vc se casou, tem uma filha, é adulta, tem marido, obrigações domésticas e maternais, e a vida é esta! Como absorver algo tão acima da minha mente quase infantil e sensível? SemContinuar lendo “Pequenas histórias II”

Pequenas histórias

Vou de pequenas histórias…como, por exemplo a recordação que tenho dum quintal grande, cheio de pés de laranjas e que eu varria pela manhã, com vassoura feita de guanxuma, minha pequena filha andando tropegamente ainda, me seguindo, catando uma folha aqui, uma pedrinha ali e eu varrendo e cantando a música que minha professora nosContinuar lendo “Pequenas histórias”

Sinônimos…

Pijamas bons, meias quentinhas e que não apertem, edredons e lençóis de algodão de “trocentos” fios, controles remotos funcionando bem, silêncio…Aos poucos, nossos conceitos de “gostoso” vão sendo substituídos…Melhor idade? Bom, se a outra alternativa é não ter idade nenhuma, então que vivamos essa fase da forma mais “gostosa” possível! Bom Dia!

Álbum de Fotografias

#Reflexões# Em todos os aspectos de nossa vida sempre encontramos uma idéia, uma prática, um exemplo que nos chama a atenção. E isso fica registrado num cantinho de nossa memória com um quê de surpresa ou admiração. Lembrei-me hoje duma funcionária linda que trabalhava comigo , casada com um homem igualmente lindo e que tinhaContinuar lendo “Álbum de Fotografias”

Envelhecer Bem

Envelhecer bem Hoje em dia, muitos estudiosos tentam compreender melhor o envelhecimento e suas características. Esse interesse se deve ao fato de que a população de idosos não para de crescer. Estima-se que em 2020, ela superará o número de crianças. Em um mundo mais envelhecido, como viver mais e melhor? É o que respondeContinuar lendo “Envelhecer Bem”

Minha mãe

Minha mãe era a generosidade personificada. Quando eu era criança eu a via como um motor ambulante, sempre trabalhando, fazendo coisas, indo e vindo, como se fosse uma máquina. Eram tantos afazeres, tantas crianças, tantas comadres, tantas plantas, tantas galinhas, tanto fogo no fogão a lenha, tanta panela fervendo, roupas no varal, casa e quintalContinuar lendo “Minha mãe”

Meu Pai

Tenho certeza que muitos já viram uma palestra do Padre Fabio de Melo onde ele fala da velhice. Me surpreendeu muito o que ele disse: que as pessoas tendem a avaliar qual a utilidade que alguém lhe trará. E que o idoso, por decorrência da sua condição física Que vai se fragilizando com o passarContinuar lendo “Meu Pai”

Meu Aniversário…

 Eu tinha doze anos quando chegou a Jardim uma professora de Português, fina, elegante, pessoa de enorme capacidade didática e de grande cultura. Muito dedicada e moderna, ela criou um Grêmio Cultural no Ginásio onde estudávamos. E além das aulas de português, cuidou também de ensinar poesias, leituras, postura, tudo que nos prepararia para sermosContinuar lendo “Meu Aniversário…”

Se o conselho for bom…siga!

“Dicas para meus amigos que já passaram dos 50 anos: ➖ Gaste o seu dinheiro com você, com seus gostos e caprichos. ➖ É hora de usar o dinheiro (pouco ou muito) que você conseguiu economizar . Use-o para você, não para guardá-lo e não para ser desfrutado por aqueles que não tem a menorContinuar lendo “Se o conselho for bom…siga!”