Escrever

Escrever é existir. É resistir. O que mais eu posso fazer neste período negro da humanidade que não seja existir e resistir?

Sendo assim escrevo. Sobre o presente escrevo o que a doença Covid-19 causa, qual a reviravolta que o coronavirus deu e está dando no mundo. Sobre o passado tiro cuidadosamente o véu dos acontecimentos que marcaram minha vida, minha alma juvenil, meu corpo de mulher e mãe.

Porquê tanto cuidado? Para sentir se não dói mais, para não machucar ninguém, e para honestamente me libertar do que não foi como poderia ter sido.

Sobre o futuro, como já “passa do meio dia”, falo de esperança, da expectativa de boa saúde, da alegria através dos filhos e netos, do convívio prazeroso com poucas amigas, sobre a doçura que encontro na fé, sobre agradecer por tudo!

Essa é hoje minha vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s